Resolução para material impresso: entenda de uma vez por todas e não erre mais - Blog Be Seen - BE SEEN | Gráfica e Marketing Digital e Estratégico

19 3056-4347 | 99477-2012
Ir para o conteúdo
Gráfica Rápida

Ligue agora mesmo!
queremos ouvi-lo
19 3056 4347
19 99477 2012

Desenvolvimento e Criação
Be Seen ©, Copyright
CNPJ: 35.009.708/0001-98

Ligue agora mesmo!

19 3056 4347
19 99477 2012

Criação
Be Seen ©, Copyright

Resolução para material impresso: entenda de uma vez por todas e não erre mais

BE SEEN | Gráfica e Marketing Digital e Estratégico
Publicado por em Biblioteca ·
Existem diversos fatores que influenciam no resultado final de uma impressão: um layout bem-feito, coerência visual, uso de cores adequadas e elementos dispostos de maneira a respeitar as devidas hierarquias da peça.

Mas a verdade é que nada disso impacta tanto quanto a resolução do arquivo que você envia para a gráfica. Isso faz toda a diferença, pois nada vai adiantar criar uma arte incrível se ela não estiver com qualidade suficiente para ser impressa.

E como a resolução para material impresso costuma ser uma dúvida recorrente, criamos este artigo justamente para te ajudar. Ao final desta leitura, você vai estar expert no assunto! Duvida? Veja só:

O que significa dpi?
Dpi é a sigla de dots per inch — ou, em português, pontos por polegada — e indica a resolução da arte que você está criando. O ponto é a unidade base de uma composição a ser impressa e as imagens que vemos são formadas, na verdade, pela reunião de diversos deles.

Você pode ter uma mesma arte, com os mesmos elementos e as mesmas dimensões de altura e largura, porém com resoluções de, por exemplo, 72 dpi e 300 dpi. A diferença entre elas, então, está na densidade de pontos por polegadas. Assim, quanto mais pontos (maior densidade), melhor será a imagem, com mais nitidez e qualidade.

Isso não significa, porém, que basta você escolher a maior resolução disponível em seu programa de edição. Continue a leitura e você entenderá.



As dimensões do material importam?
As dimensões do material não importam na definição da resolução. Pode parecer estranho à primeira vista, porém, você não pode esquecer: não existe nenhuma relação entre dimensões e resolução.

Quanto maior for o material que você estiver criando, mais polegadas ele terá. No entanto, a densidade de pontos em cada uma dessas unidades de medida será sempre a mesma.

Na prática, isso significa que seja um flyer, um banner ou um cartaz, a resolução do arquivo a ser enviado para a gráfica nos dois casos é a mesma. Viu como é simples?



Posso utilizar o mesmo arquivo para impressão e na internet?
Não, você não poderá usar o mesmo arquivo com as duas finalidades. Em geral, na hora de diagramar uma peça, devemos levar em consideração seu objetivo e onde ela circulará. Portanto, o ideal é que os layouts sejam diferentes.

Mas se você fez uma boa análise e concluiu que pode utilizar a mesma diagramação para impressão e na internet, ainda assim deverá ter arquivos diferentes por conta da resolução das imagens.

Enquanto a exibição na tela de um computador ou celular precisa de uma densidade de pixels menor, na impressão os dpi do arquivo precisam ser bem maiores. Se você insistir em usar o mesmo arquivo, você cairá em um dos dois casos:
uma impressão de qualidade, porém com arquivo muito pesado para internet e, consequentemente, com carregamento lento; ou
um arquivo leve, com tamanho adequado para o meio digital, mas com péssima resolução.



Afinal, qual deve ser a resolução da imagem para trabalhos impressos?
A resolução de uma imagem ou qualquer outro tipo de trabalho impresso deve ser de 300 dpi. Como você já deve ter aprendido, isso independe das dimensões da peça. Com esses valores, você pode imprimir desde um cartão de visitas até banners de grandes dimensões!

Mas você deve estar pensando: se quanto maior a resolução, melhor a qualidade da imagem, por que não criar arquivos, com 300 ou 600 dpi, por exemplo?
Seu editor de imagens pode até permitir isso, porém, o olho humano não consegue captar diferenças nas resoluções superiores a 300 dpi. Portanto, aumentar este valor apenas deixará seu arquivo mais pesado, o que pode até travar sua máquina.



E, já que mencionamos anteriormente que os layouts para internet devem ser mais leves, anote também esta dica: para visualização em monitores, a resolução ideal é de 72 dpi. Mais do que isso, a diferença será imperceptível e você apenas deixará o carregamento da imagem mais lento.



Temos certeza de que agora você é um expert em resolução de imagem e nunca mais vai ter problemas na hora de imprimir seu material gráfico! Então, que tal compartilhar esse conteúdo em suas redes sociais para que mais pessoas aprendam sobre isso?



Created Be Seen ©
19 3056-4347 | 99477-2012
Voltar para o conteúdo